SANTUÁRIO NACIONAL: PASSARELA DA FÉ COMPLETA 50 ANOS DE EXISTÊNCIA

Trajeto visitado por milhares de devotos ao longo do ano, a Passarela da Fé completou 50 anos de inauguração nesse domingo, dia 19 de dezembro. O percurso com cerca de 400 metros de comprimento conecta a Basílica Histórica de Aparecida (SP) ao Santuário Nacional. Em seu ponto mais alto chega a atingir 35 metros de altura, sustentada por 11 pilares.

Em homenagem à data, um painel comemorativo está instalado em frente à entrada da Passarela, próximo ao Campanário. O quadro expõe fotos antigas, que carregam memórias da época, e apresenta ao visitante a história da construção. Além disso, aponta dados relativos a estrutura do local e outras curiosidades.

A exposição permanece até o fim de janeiro, mês que recorda a primeira procissão com a imagem de Nossa Senhora Aparecida de uma Basílica à outra, pela Passarela, em 1972. Mesma data na qual o bispo coadjutor de Aparecida (SP) da época, dom Antonio Ferreira de Macedo, abençoou o local.

Nos dias atuais, a Passarela da Fé promove uma experiência completa de peregrinação, permitindo aos devotos visitarem as duas igrejas que fazem parte da história de devoção à Rainha do país. “Desde sua inauguração se tornou um lugar especial de oração. Não é só um caminho geográfico, mas, acima de tudo, uma peregrinação interior”, comenta missionário Redentorista, Padre Camilo Júnior.

Com formato de “S” a estrutura simboliza a curva do Rio Paraíba do Sul na altura do Porto Itaguaçu, local exato em que a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada.

“Existe um hino eucarístico que diz ‘Nesta curva do rio tão mansa, onde o pobre seu pão foi buscar’. Quando o romeiro faz o bonito caminhar da Basílica Histórica até o Santuário, onde está a imagem original, faz também a experiência de ser alguém que acolhe no coração a imagem da Mãe Aparecida. O peregrino sabe que Ela é um sinal de Deus em nossa vida, como foi na dos três pescadores e, ao mesmo tempo, Maria nos encontra com seu coração de mãe”, explica o padre.

A Passarela se tornou um cartão postal da cidade, uma vez que permite vista privilegiada do maior templo mariano do mundo e da cidade de Aparecida. O local é frequentado, especialmente aos fins de semana, por fiéis que aproveitam para agradecer e pedir a intercessão da Padroeira do Brasil.

Histórico

A construção da Passarela foi idealizada em 13 de julho de 1969, para melhorar o acesso dos peregrinos no trajeto entre as duas Basílicas. Situadas em dois morros, dos Coqueiros e das Pitas, antes era necessário subir e descer escadarias a fim de visitar as Igrejas.

Com apoio do Governo Federal, a Passarela da Fé foi construída pelo Departamento Nacional de Estradas e Rodagem (DNER). Durante a obra, concebida pelo engenheiro Roberto Carlos Niemeyer e executada pela construtora Auliciano LTDA, romeiros que passavam pela cidade se intrigavam com o escoramento da construção todo feito em madeira, não possuindo nada metálico.

Ao ser concluída, teve sua inauguração no dia 19 de dezembro de 1971, pelo então Ministro dos Transportes, Mario Andreazza, tendo como Presidente da República Emílio Garrastazu Médici.

Participaram da cerimônia inaugural personalidades religiosas, civis e militares. Milhares de romeiros e munícipes também estiveram presentes, ansiosos para percorrer a pé o novo trajeto. Cerca de 40 mil pessoas estiveram presentes na missa de inauguração.

Fonte: Site oficial da CNBB

0 Comentários

    Deixe um comentário

    dezesseis + 17 =

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembra me Perdeu sua senha?

    Lost Password