Em comunhão com o Papa Francisco, Dom José Carlos consagrou a Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria

No dia 25 de março, dia que a Igreja celebra a Solenidade da Anunciação do Senhor, a pedido do Papa Francisco, todas as dioceses do mundo consagraram a Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria. No Vaticano a celebração penitencial se deu às 17h, no horário de Roma. Por volta das 18h30, o Papa Francisco fez o Ato de Consagração.

Antes da oração de consagração, o Papa fez uma homilia durante a celebração penitencial. Na reflexão, mencionou o cenário atual de guerra, uma guerra brutal que provoca sofrimento, medo e consternação.

Mas para além da desesperança, pontuou Francisco, é preciso ouvir o “não temas” que o Anjo disse à Maria, como relata o Evangelho desta Solenidade da Anunciação. “Não bastam as garantias humanas, é necessária a presença de Deus, a certeza do perdão divino, o único que apaga o mal, desativa o rancor, restitui a paz ao coração. Voltemos a Deus, ao seu perdão”.

Hoje, renovados pelo perdão, Francisco conduziu toda a humanidade a bater novamente à porta do Imaculado Coração de Maria. Em união com bispos e fiéis de todo o mundo, fez o ato de consagração, como um gesto de entrega plena de filhos que, na tribulação da guerra, se lançam ao Coração de Maria.

“Hoje que Ela tome pela mão o nosso caminho e o guie, através das veredas íngremes e cansativas da fraternidade e do diálogo, pela senda da paz”, disse na homilia.

Na Diocese de Divinópolis, além da consagração ter sido feita nas paróquias, Dom José Carlos fez o ato de consagração ao término da celebração das 19h, na Catedral Diocesana.

Na CNBB, a celebração aconteceu na sede da instituição, em Brasília, e foi presidida pelo bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado.

Fonte: Site Diocese de Divinópolis

0 Comentários

    Deixe um comentário

    dez + sete =

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembra me Perdeu sua senha?

    Lost Password